Aplicativo Auxílio Brasil

Desde quando o Auxílio Brasil passou a vigorar no mês passado, o Governo Federal viu uma necessidade de facilitar o acesso aos trâmites que envolveram o benefício. Por esse motivo, em parceria com a Caixa Econômica Federal, criou o aplicativo do Auxílio Brasil.

Com eles, as famílias que recebem tal beneficio conseguem se manter informadas sobre qualquer movimentação relacionada ao programa.

Por exemplo, é possível acompanhar o calendário de pagamentos, o status da parcela vigente, e se for liberada, bloqueada ou cancelada, por alguma razão ou o valor a ser recebido.

Preparamos esse artigo repleto de informações sobre esse app que ajuda muitos brasileiros, para baixar aplicativo Auxílio Brasil.

Quem pode acessar o aplicativo Auxílio Brasil

O aplicativo do Auxílio Brasil é totalmente exclusivo para os beneficiários do programa social.

Seguindo esse sentido, é muito importante deixar claro que a transferência de renda vai muito além da denominação principal que tem pagado parcelas de R$ 217,18.

Existem ainda outros benefícios criados para atender públicos específicos dentro de um certo grupo geral de beneficiários do programa, mas já nesse caso, de acordo com o perfil de cada um.

Mas, na verdade, o Auxílio Brasil é composto por três benefícios principais, Sendo eles:

Benefício composição familiar: Sendo indicado para as famílias que possuem alguma gestante em sua casa ou pessoas com idade entre 3 a 21 anos incompletos;

Benefício primeira infância: Destinado para as famílias com crianças de até 36 meses (3 anos) incompletos;

Benefício de superação da extrema pobreza. SeCo mesmo com os benefícios acima, a família continuar com uma renda que é igual ou ainda inferior ao valor da linha de extrema pobreza, (sendo assim, R$ ou menos por pessoa) ela terá direito a receber esse benefício de acordo com o número de pessoas da família.

Caso os beneficiários do programa se enquadrem nesses perfis, eles terão direito a receber um ou até mais benefícios complementares:

Auxílio esporte escolher: com o foco para estudantes que possuem entre 12 a 17 anos incompletos e que se destacarem em competições oficias do sistema de jogos escolares brasileiros.

Formas de Pagamento do Benefício

O pagamento é feito em 12 parcelas mensais e mais para uma parcela única.

Bolsa de iniciação científica Júnior: para os estudantes que destacarem em competições acadêmicas e científicas, de abrangência nacional, sendo vinculados a temas de educação básica.

O benefício ainda é pago em doze parcelas mensais ao estudantes e mais uma parcela única à família.

Auxílio criança cidadã. Para líderes de crianças menores de 48 meses que possuem fonte de renda, mas não conseguem vaga em creches públicas ou privadas da rede parceira.

Portanto, para garantir que as crianças tenham acesso a essas instituições, o dinheiro será repassado diretamente para creches regulamentadas ou autorizadas que oferecem educação infantil.

Auxílio inclusão produtiva rural. Voltada para os produtores rurais, visa incentivar a produção, doação e consumo de alimentos saudáveis. Pessoas elegíveis podem receber até 36 meses;

Auxílio inclusão produtiva urbana: Concedido aos beneficiários do Auxílio Brasil que demonstrem vínculo formal de trabalho;

Benefício compensatório de transição. Aqui, a ideia é compensar quem teve seus pagamentos reduzidos após a migração do Bolsa Família para o Auxílio Brasil. Portanto, se o valor recebido for inferior ao valor recebido anteriormente, você terá direito a esse pagamento.

Os cidadãos participantes do Auxílio Brasil terão detalhes de todos os pagamentos na plataforma caso tenham direito a algum desses benefícios.

Como conseguir acessar o app do Auxílio Brasil?

Observe que todos os requisitos acima estão cumpridos e estão inclusos no Auxílio Brasil, basta baixar aplicativo Auxílio Brasil.

Para isso, você precisa acessar as lojas virtuais correspondentes ao seu sistema, a Play Store para Android e a App Store para iOS.

Ao abrir as configurações do aplicativo, verifique se ele foi desenvolvido pela Caixa Econômica. Clique em “Instalar” e aguarde a conclusão do download.

Em seguida, abra o aplicativo, clique em “Acessar” e então você poderá observar o formato de login.

Caso opte por usar o Caixa Tem, você deve informar o número do seu CPF, clicar em Próximo e fornecer a mesma senha para acessar o Caixa Tem.

No entanto, caso o beneficiário escolha a segunda opção exclusiva do aplicativo Auxílio Brasil, a mesma senha deverá ser digitada para acessar a plataforma pela primeira vez.

Como movimentar o saldo do benefício pelo aplicativo?

Assim como no auxílio emergencial, o Governo federal irá continuar usando a conta poupança social digital do Caixa Tem para viabilizar os pagamentos do Auxílio Brasil.

Nessa plataforma possui todas as funcionalidades de uma conta corrente tradicional, com vantagem de não haver a cobrança de nenhuma taxa de serviços.

Agora que você pode entender mais sobre o app e suas funcionalidades basta utilizar!

Mas Populares