CTPS Digital – Veja Como Baixar Carteira de Trabalho Digital

E aí você já baixou a CTPS digital em seu aparelho celular? Diversos documentos oficiais estão migrando para o mundo digital, até mesmo a Carteira de Trabalho que ganhou uma versão totalmente digital e oficial.

A plataforma foi criada em 2017 e possuir disponível todas as informações do trabalhador portador. Pelo e-social, o empregador pode preencher todas as informações de contratação. Basta apenas ter o CPF de um novo funcionário, onde irá poder acessar esses dados pelo próprio app.

A interface ainda é bem intuitiva e prática. No app ainda é possível que verifique os contratos, o valor do salário e ainda os benefícios e outros serviços.

CTPS Digital se tornou um documento oficial em 2019 e já pode substituir a versão impressa, não sendo necessário a impressão para baixar carteira de trabalho digital. Se você deseja saber mais informações basta conferir o artigo que preparamos logo abaixo.

O que é a CTPS digital?

A carteira de trabalho digital é um app que permite ao trabalhador consultar todas as informações necessárias para a vida profissional.

O app ainda exibe os dados como as datas de admissão e rescisão de contratos de trabalho, a mudança de salário, seguro desemprego, benefícios trabalhistas, abono salarial, entre outras opções.

O documento digital ainda pode ser usado de modo gratuito a qualquer pessoa inscrita no Cadastro de Pessoas Físicas (mais conhecido como CPF).

A partir da Portaria nº1065, que foi publicada em 23 de setembro de 2019 pelo Ministério da Economia, a Carteira de Trabalho Digital passou a se equiparar com a CTPS física para fins de trabalho e emprego.

Todavia, de modo diferente da versão em papel, a CTPS Digital é inválida como um documento de identificação civil.

Como surgiu a CTPS?

Agora, você conhece uma carteira? Não teve sempre esse nome? E não veio com o decreto de incorporação das leis trabalhistas (CLT)?

Pois bem! Quando foi criada, em 1932, o primeiro nome da CTPS era Carteira Profissional, que foi criada por decreto do então presidente Getúlio Vargas.

Segundo registros, o surgimento da carteira de trabalho foi para regular a vida dos trabalhadores urbanos, pois nessa época o país passou a ter fortes atividades industriais,

Com a sua criação, o trabalho industrial e comercial foi regulamentado, facilitando a salvaguarda dos direitos profissionais dos trabalhadores.

Um pouco mais atrás, em 1969, a carteira profissional passou a se chamar Carteira de Trabalho e Previdência Social, que significa CTPS, pelo Decreto n.º 1.

O objetivo dessa mudança é modernizar e atualizar a documentação, pois a carteira armazena todos os registros da vida do trabalhador, incluindo mudanças de cargos ou cargos.

Com isso, todos os trabalhadores passaram a ser regidos pelo mesmo documento, sendo abolidas as carteiras profissionais, menores e profissionais do trabalhador rural.

Como conseguir o documento?

O primeiro passo é o trabalhador criar uma conta no Gov.BR, entrando no site e se cadastrando.

Caso você já tenha se registrado, você irá receber uma mensagem na tela avisando sobre o cadastro. Se não recordar da senha, basta clicar no link específico para tal recuperação.

Tendo o login e a senha já definidos, basta apenas:

Clicar em “Carteira de Trabalho Digital”
Clique no botão verde escrito “Solicitar”;
selecionar o botão azul “Quero me cadastrar”;
Preencher as informações pedidas e ainda clicar em “Cadastrar”.

Se você quiser ter o acesso à Carteira de Trabalho Digital pelo celular, você precisa:

Entrar na loja de aplicativos de seu smartphone (iOS e Android);
Procurar pelo app “Carteira de Trabalho Digital” e clicar para poder instalar;
Abra o aplicativo;
Acesse com o login e a senha cadastradas no Gov.BR.
Carteira de trabalho substitui a física?

Na maioria dos casos, os portfólios de trabalho digital substituíram os portfólios impressos.

Desde 2019, os empregadores podem atualizar os dados por meio do portal eSocial criado em 2014, bastando notificar o CPF no ato da contratação.

No entanto, os trabalhadores que já possuem documentos em papel devem carregá-los.

Isso porque os apontamentos ali atestam contratos de trabalho antigos, ainda que apareçam na CTPS Digital.

Também é importante ressaltar que funcionários de instituições públicas e organizações internacionais ainda exigem uma carteira de trabalho em formato físico.

O número de carteira de trabalho digital igual ao número do seu CPF. A data de emissão do documento online é a data em que você criou sua conta e fez o primeiro login na CTPS Digital. A CTPS digital não inclui o número do cartão físico nem o número do PIS gerado pela Caixa Econômica Federal.

Como imprimir a Carteira de Trabalho Digital

Você pode usar os dados do cartão de trabalho para criar PDFs para imprimir ou enviar para outras pessoas.

Para fazer isso, primeiro clique na guia “Enviar” e escolha se deseja incluir todos os dados da carteira. Se esta opção estiver desmarcada, apenas alguns contratos poderão ser selecionados para inserção no documento.

Em seguida, basta clicar no botão “PDF” e aguardar o carregamento de todo o documento. A partir daí, você pode escolher “Salvar” para armazenar o PDF no seu celular, ou “Enviar” para enviar o arquivo para outra pessoa, ou até mesmo salvá-lo na nuvem e imprimir depois.

E prontinho!

Mas Populares